Notícias

Ketleyn Quadros perde na repescagem e fica sem medalha no judô; Yudi cai na estreia

Da Redação Bandsports 27/07/2021 • 06:16 - Atualizado em 27/07/2021 • 10:43
Medalhista de bronze em Pequim-2008 se despediu de Tóquio na sétima posição
Medalhista de bronze em Pequim-2008 se despediu de Tóquio na sétima posição
Divulgação/COB/Miriam Jeske

A judoca Ketleyn Quadros foi eliminada na luta da repescagem e se despediu dos Jogos Olímpicos de Tóquio sem medalha na categoria até 63kg.

A brasileira avançou por W.O. na primeira luta e na sequência venceu Gankhaich Bold, da Mongólia. Nas quartas de final, ela foi derrotada canadense Catherine Beauchemin-Pinard, quarta colocada do ranking, e foi para a disputa da repescagem, onde foi superada pela holandesa Juul Franssen com um ippon por imobilização.

Medalha de bronze em Pequim-2008, Ketleyn é a primeira medalhista mulher da história do judô brasileiro em Olimpíadas. A parta-bandeira da delegação na Cerimônia de Abertura chegou ao torneio como cabeça de chave 5, mas se despediu sem subir ao pódio na sétima posição.

No masculino, o dia também não foi bom para o judô do Brasil. Eduardo Yudi, 24º colocado do ranking mundial, perdeu logo na estreia na categoria até 81kg. Ele caiu diante do israelense Sagi Muki, campeão mundial de 2019 e cabeça de chave número 2 em Tóquio.

  • ketleyn quadros
  • tóquio-2020
  • judô
  • esportes
  • olimpíadas
  • app