Notícias

Klopp elogia atitude de jogador que assumiu ser gay, mas lamenta que tema ainda seja tabu

Da Redação BandSports 04/11/2021 • 11:09 - Atualizado em 04/11/2021 • 11:32
Lateral do Adelaide recebeu elogios do técnico do Liverpool após assumir ser homossexual
Lateral do Adelaide recebeu elogios do técnico do Liverpool após assumir ser homossexual
Reprodução/Instagram Joshua Cavallo

Uma semana após Joshua Cavallo, de 21 anos, assumir ser homossexual, Jurgen Klopp elogiou a atitude do jogador do Adelaide United, da Austrália. O técnico do Liverpool destacou a força do lateral, mas lamentou que o assunto ainda seja tabu no mundo do futebol.

“Eu vi o discurso e ele parece um jovem muito forte e inteligente. Eu realmente lhe desejo tudo de bom”, afirmou o treinador alemão. “Acho que todos concordamos, não deveria ser assim. O problema é isto ser uma grande história. Não devia ser, porque ser gay é ser normal. É como eu ser hétero. O Josh devia apenas estar feliz vivendo a vida privada dele”, emendou.

Com grande parte de uma vida dedicada ao futebol, o treinador de 54 anos ainda apontou que o preconceito não está no ambiente interno dos clubes, mas sim no esporte em geral.

“Posso dizer que em 30 anos no futebol, nunca tive um vestiário em que isso [ser homossexual] seria um problema. O problema não está no círculo interno das equipes, mas é algo mais amplo. É muito decepcionante que ainda temos que trabalhar nisso, mas precisa ser feito”, disse ao jornal britânico The Guardian.

Além de elogiar a coragem de Cavallo, Klopp destacou a importância do debate estar em evidência.

“Estou grato por ele ter feito isso, porque agora voltaremos a conversar sobre o assunto. Isso é sempre um bom começo para mudanças”, encerrou.

Outros integrantes da elite do futebol tiveram atitudes semelhantes a de Klopp e demonstraram apoio ao jogador. Antoine Griezmann, do Atlético de Madrid, e Gerard Piqué, do Barcelona, usaram as redes sociais para enviar mensagens de carinho a Cavallo. No Brasil, Germán Cano fez gesto parecido e ofereceu uma camisa do Vasco para o australiano.