Notícias

Mayra Aguiar revela fratura sofrida 2 semanas antes da Olimpíada e faz planos para Paris-2024

Da Redação 30/07/2021 • 12:38
Mayra Aguiar exibe dedo em que sofreu fratura duas semanas antes da Olimpíada de Tóquio
Mayra Aguiar exibe dedo em que sofreu fratura duas semanas antes da Olimpíada de Tóquio
Reprodução/Instagram

A judoca Mayra Aguiar teve que superar mais do que uma cirurgia no joelho e as adversárias para ganhar a medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Em entrevista a Glenda Kozlowski, a gaúcha revelou que sofreu uma fratura em um dedo da mão esquerda duas semanas antes da Olimpíada.

“Sempre tem que ter alguma coisa. Foi um perrengue”, disse Mayra, que ainda listou como outras dificuldades uma tensão pré-menstrual, que a fez perder peso, e uma alergia que, segundo sua suspeita, foi causada pelos edredons da Vila Olímpica.

“Parecia um teste. ‘Você quer mesmo isso? Você vai ter que passar por mais uns perrengues”, completou a judoca, que sofreu uma lesão e precisou passar por uma cirurgia no joelho esquerdo em novembro do ano passado. A intervenção a fez chegar à competição cercada de dúvidas.

Por isso Mayra desabafou após a conquista do terceiro bronze olímpico na carreira, um feito inédito: ela se tornou a primeira brasileira a faturar três medalhas individuais na história das Olimpíadas.

“Eu vou”

Agora ela já planeja o futuro – e ele passa pelos Jogos de Paris, em 2024.

“Com certeza eu vou!”, garantiu a judoca, prestes a completar 30 anos.

“Faz pouco tempo que eu voltei da cirurgia. Fiz o Mundial (da Hungria, em 2021) e a Olimpíada, duas competições só. Estou com muita gana para voltar a competir. Até Paris serão só três anos, então vai passar muito rápido. Quero voltar para casa, descansar, recuperar o que precisa recuperar, mas depois voltar com tudo porque quero competir muito”, declarou.

Assista à entrevista:

  • olimpíadas
  • tóquio2020
  • app
  • mayra aguiar
  • judô