Notícias

“Tive medo de enfrentar Djokovic”, diz Medvedev após título do US Open

Da Redação BandSports 13/09/2021 • 08:54 - Atualizado em 13/09/2021 • 10:20
Aos 25 anos, russo conquistou o primeiro título de Grand Slam da carreira
Aos 25 anos, russo conquistou o primeiro título de Grand Slam da carreira
Reprodução/Instagram US Open

Daniil Medvedev mostrou que não é o número 2 do mundo à toa e venceu o temido Novak Djokovic em três sets diretos na grande final do US Open, no domingo, 12. Mais do que conquistar o primeiro Major de sua carreira, o russo de 25 anos também impediu que o rival sérvio triunfasse com o título dos quatro Grand Slams na mesma temporada, feito este, entre os homens na Era Aberta, alcançado apenas por Rod Laver, em 1969.

Ao término da partida, que mesclou momentos de tranquilidade e extremo nervosismo, Medvedev apontou o último game da partida como crucial para o resultado não ter ido por água abaixo após abrir 2 a 0 em cima do rival, e falou sobre a preocupação que sentiu ao entrar em quadra novamente contra um integrante do Big 3, formado por Djokovic, Rafael Nadal e Roger Federer. O russo já havia perdido na decisão do US Open, em 2019, para o espanhol e na final do Aberto da Austrália deste ano para o sérvio.

“Eu estava com câimbras no último game da partida. Penso que estaria em apuros se não ganhasse aquele game”, destacou. “Estou feliz porque já havia perdido duas finais contra esses caras. Quando tive que enfrentá-lo, de certa forma fiquei com medo. Pensei que se ele me destruísse mais uma vez, isso levaria minha confiança para baixo”, afirmou o russo. 

Sem esconder sua admiração, Medvedev também aproveitou o momento de comemoração para exaltar Djokovic, e revelou que, na sua opinião, o atual melhor do mundo é o principal atleta da história do tênis.

“Peço desculpa a Novak Djokovic e ao público. É um grande momento para mim, mas eu tenho noção daquilo que estava em jogo para o tênis e para Novak. Nunca disse isso publicamente, mas, para mim, Djokovic é o melhor tenista da história”, falou ele no estádio Arthur Ashe, em Nova York. 

Além dos agradecimentos e análises, o final do jogo ainda contou com um momento descontraído de Medvedev. Ao se sagrar campeão, ele se jogou na quadra, fazendo alusão à comemoração do jogo de videogame Fifa: “O que fiz no final do jogo foi L2 + esquerda. Só as lendas vão perceber”, encerrou.

  • medvedev
  • us open
  • atp
  • djokovic
  • tênis
  • app
  • esportes
  • grand slam