Notícias

Lionel Messi ganha Bola de Ouro pela sétima vez e iguala Pelé

Da Redação Bandsports 29/11/2021 • 18:07 - Atualizado em 29/11/2021 • 19:12
Argentino faturou o prêmio em 2009, 2010, 2011, 2012, 2015, 2019 e 2021
Argentino faturou o prêmio em 2009, 2010, 2011, 2012, 2015, 2019 e 2021
Reprodução/Ballon d'Or

O argentino Lionel Messi ganhou nesta segunda-feira, 29, a sétima Bola de Ouro da carreira da revista France Football como melhor jogador do mundo. Na cerimônia realizada em Paris, na França, o craque confirmou o favoritismo na 65ª edição do prêmio e igualou o recorde de Pelé.

Essa foi a terceira vez que Messi recebeu o prêmio exclusivamente pela France Football. As outras duas foram em 2009 e 2019. O craque argentino ganhou o troféu mais quatro vezes no período em que a premiação era entregue em parceria com a Fifa: 2010, 2011, 2012 e 2015.

“É incrível voltar a estar aqui. Dois anos atrás, eu acreditava que eram os meus últimos anos, eu não sabia o que teria pela frente, e aqui estou eu novamente. Muitas vezes me perguntavam quando eu ia me aposentar, mas estou aqui novamente, aqui em Paris, estou muito feliz de estar nesse palco. Sou alguém que vai continuar lutando, quero novos desafios. Eu não sei quanto mais tenho pela frente, mas espero que muito, porque eu amo jogar futebol", disse o argentino.

Atual jogador do PSG, Messi foi o artilheiro do último campeonato Espanhol com camisa do Barcelona com 30 gols e ainda comandou o título da Argentina na Copa América sobre o Brasil, em pleno Maracanã, encerrando um jejum de 28 anos sem conquistas da seleção.

A segunda posição do prêmio ficou com Robert Lewandowski, do Bayern de Munique, seguido por Jorginho, do Chelsea, Benzema, do Real Madrid, e Kante, do Chelsea. O brasileiro Neymar, do PSG, foi apenas o 16º colocado.

Na versão feminina do prêmio, a Bola de Ouro foi para Alexia Putellas, do Barcelona. Ela foi campeã da Champions League Feminina, do Espanhol e da Copa da Rainha com o Barça.

Outras premiações

O polonês Robert Lewandowski recebeu o novo prêmio criado pela France Football para o melhor atacante. Ele terminou a temporada 2020/21 com 48 gols em 40 jogos pelo Bayern e bateu o recorde de de Gerd Müller com 41 gols no Campeonato Alemão.

O italiano Gianluigi Donnarumma, do PSG, conquistou o Troféu Yashin como o melhor goleiro da temporada. Aos 22 anos, ele foi eleito o melhor jogadora da Eurocopa conquistada pela Azzurra sobre a Inglaterra.

O prêmio de clube do ano foi para o Chelsea, da Inglaterra, campeão da Champions League masculina e vice na versão feminina.