Notícias

"Não tenho esperança", diz técnico de Djokovic sobre presença no US Open

Da Redação Bandsports 04/08/2022 • 09:57
Sérvio está proibido de entrar nos EUA por não ter se vacinado contra a covid-19
Sérvio está proibido de entrar nos EUA por não ter se vacinado contra a covid-19
Divulgação/Site atptour.com

A chance de Novak Djokovic disputar o US Open diminui a cada dia. Com menos de três semanas para o início do Grand Slam, o sérvio mantém a decisão de não se vacinar contra a covid-19 e está proibido de entrar nos Estados Unidos.

Técnico de Djoko, Goran Ivanisevic admitiu que o tenista aguarda uma liberação especial, mas sabe que essa possibilidade é muito pequena.

“Novak vai fazer todo o possível, talvez com um visto especial, mas faltam apenas duas semanas. Pessoalmente, não tenho esperança alguma de que isso possa acontecer. Não acho que Biden vá mudar as regras antes do início do torneio”, afirmou o treinador.

Ivanisevic também aproveitou para criticar o protocolo do governo norte-americano sobre a entrada de não vacinados no país.

“Se você for vacinado, mas testar positivo, poderá entrar nos Estados Unidos, mas eles o proíbem se você não for vacinado e testar negativo. Há muita política no mundo do esporte", declarou o croata.

Caso a ausência de Djokovic seja confirmada, será o segundo Grand Slam que ele perde por causa da postura antivacina. Em janeiro, ele ficou fora do Australian Open depois de uma grande polêmica que terminou na deportação do ex-número 1 do mundo.