Notícias

Norris assume responsabilidade por erro de estratégia na Rússia: “Foi minha culpa”

Da Redação BandSports 26/09/2021 • 11:52 - Atualizado em 26/09/2021 • 11:55
Piloto da McLaren caiu da primeira para sétima colocação quando a chuva apertou em Sochi
Piloto da McLaren caiu da primeira para sétima colocação quando a chuva apertou em Sochi
Reprodução/Twitter F1

Lando Norris foi do céu ao inferno no GP da Rússia de Fórmula 1. Depois de carimbar sua inédita pole position na classificação de sábado, o britânico da McLaren liderou grande parte das 53 voltas da corrida deste domingo, 26, e ficou perto de alcançar sua primeira vitória na principal categoria do automobilismo, mas acabou castigado pela demora para realizar a troca de seus pneus quando a chuva tomou conta do autódromo de Sochi e foi apenas o sétimo piloto a receber a bandeira quadriculada.

Com os olhos tomados pelas lagrimas de decepção ao ver o triunfo escapar de suas mãos, o piloto de 21 anos conversou com a repórter Mariana Becker, da Band e do Bandsports, e contou que não esperava que chuva fosse aumentar repentinamente no traçado russo. 

“Foi muito difícil decidir ir ou não para os boxes. Eu estava liderando a prova. Foram três ou quatro voltas chovendo, me falaram que ia ficar daquele jeito, então eu estava certo de que os pneus slicks seriam melhor. Em algumas curvas estava difícil manter o carro na pista, mas de resto estava ok. Se eu colocasse intermediário naquele momento, o slick ainda seria melhor. Eu perderia muito tempo com a troca. Achei que a decisão estava correta, mas obviamente a chuva aumentou muito no final, mais do que eu imaginava. De uma volta para outra, a pista ficou muito escorregadia e acabei rodando”, lamentou o britânico.

Abalado pela situação, Norris, que foi eleito o piloto do dia, seguiu sua fala assumindo a responsabilidade pelo erro de estratégia que custou até mesmo o pódio, que teve as presenças de Lewis Hamilton, da Mercedes, Max Verstappen, da Red Bull, e Carlos Sainz, da Ferrari, e elogiou o trabalho da McLaren. 

“No final é muito difícil. Uma decisão difícil de ser tomada. A gente não sabe o quanto a pista vai piorar. Foi uma decisão minha de ficar fora. Então foi minha culpa, e não da equipe”, continuou.

“A equipe fez um bom trabalho. A corrida inteira foi boa. A decisão foi minha. Acho que perdemos muito com isso. Mas, de resto, a corrida foi perfeita”, encerrou.

Com promessa de mais uma corrida eletrizante, os pilotos da Fórmula 1 voltam à ação entre 8 e 10 de outubro, para as emoções do Grande Prêmio da Turquia. O Bandsports exibe ao vivo os treinos livre e classificatório da etapa disputada no Circuito de Istambul. A Band mostra a corrida. 

Veja o momento em que Lando Norris perdeu a liderança do GP da Rússia:

  • lando norris
  • mclaren
  • gp da rússia
  • f1
  • fórmula 1
  • app
  • esportes