Notícias

“O sucesso de Djokovic incomoda muita gente do Ocidente”, diz ex-treinador do sérvio

Da Redação BandSports 06/10/2021 • 07:35 - Atualizado em 08/10/2021 • 10:18
Com 20 títulos de Grand Slam, Djoko é um dos principais nomes da história do tênis
Com 20 títulos de Grand Slam, Djoko é um dos principais nomes da história do tênis
Reprodução/Instagram Novak Djokovic

Atual número 1 do mundo, Novak Djokovic certamente não tem a simpatia de parte do público do tênis. Na visão de Niki Pilic, ex-treinador do sérvio, isso acontece por um motivo claro: o incômodo de algumas pessoas do Ocidente com um jogador do leste europeu. 

“Acredito que o sucesso de Djokovic incomoda muita gente no Ocidente. Eles acreditam que o que Nole fez só pode ser feito por pessoas de lá. E de repente encontram alguém de um pequeno país que domina o mundo do tênis”, falou ao jornal croata Vecernji List.

Além de mencionar o descontentamento de parte do mundo com os feitos de Djokovic, Pilic, de 82 anos, seguiu seu discurso elegendo o ex-pupilo como melhor tenista da história. Ao lado de Roger Federer e Rafael Nadal, ele lidera o ranking dos maiores vencedores de Grand Slams com 20 títulos.

“Não há dúvidas de que ele é o melhor. Tem os mesmos 20 Grand Slams de Federer e Nadal, mas mais semanas como número um ATP. Acho que não há dúvidas”, continuou. 

Atleta com mais semanas na liderança do ranking da ATP, o sérvio tem grande vantagem para os rivais do Big 3. Enquanto ele aparece com 341, Roger Federer é o segundo colocado com 310 e Rafael Nadal o sexto, com 209.

Antes de encerrar a conversa com o jornal croata, Pilic relembrou a desqualificação de Djoko no Australian Open de 2020. Na oportunidade, ele jogou uma bola para longe e atingiu uma árbitra de linha. 

“Se Federer tivesse feito isso, não o desqualificariam”, concluiu.

  • tênis
  • novak djokovic
  • app
  • esportes
  • atp
  • Niki Pilic