Notícias

“O US Open marca o fim da era do Big 3”, afirma ex-número 1 do mundo

Da Redação BandSports 15/09/2021 • 01:40 - Atualizado em 15/09/2021 • 12:20
Djokovic, Nadal e Federer dominaram o circuito profissional nos últimos anos
Djokovic, Nadal e Federer dominaram o circuito profissional nos últimos anos
Divulgação/ATP

Ex-número 1 do mundo entre duplas, Todd Woodbridge acredita que o US Open deste ano representou um marco na história do tênis masculino. Com a vitória de Daniil Medvedev sobre Novak Djokovic na final do Grand Slam norte-americano, o australiano vê o fim da era do Big 3 – que, além do sérvio, conta com Rafael Nadal e Roger Federer –  no circuito profissional. 

“As coisas vão ser muito diferentes a partir de agora. Não acredito que Djokovic entre numa crise total que o impeça de lutar por mais títulos, mas vai ser muito mais difícil”, falou ao site nine.com.

Apesar de ainda não estarem aposentados, Nadal, de 35 anos, e Federer, de 40, vêm sofrendo com lesões nos últimos meses e sequer participaram do US Open. Um pouco mais novo, Djoko, de 34, dominou a primeira metade da temporada, mas pode estar ficando sem motivação para manter o alto nível.

“Se Roger e Rafa se aposentarem ou começarem a jogar menos, vai prejudicar o sérvio, porque ele precisa da motivação de lutar contra eles. O US Open marca um ponto de inflexão na história do tênis e marca o fim da era do Big 3”, continuou.

Mesmo com o prognóstico pouco positivo em relação ao atual número 1 do mundo, Woodbridge enxerga o próximo Aberto da Austrália, torneio em que Djokovic tem nove títulos, como ponto crucial para o futuro do sérvio.

“Talvez possa lutar por mais um ou dois troféus deste nível. Ele começa a ver que o seu domínio está diminuindo, tenho dúvidas de que ele mantenha a mesma competitividade e concentração. Se ele não ganhar o Aberto da Austrália em 2022, vão aparecer muitas dúvidas internas sobre a viabilidade de continuar vencendo Grand Slams”, completou.

Aposentado desde 2005, o australiano fez história conquistando 16 títulos de Grand Slams na chave de duplas, sendo 11 ao lado do compatriota Mark Woodforde. Eles também conquistaram a medalha de ouro nos Jogos de Atlanta-1996 e a prata, em Sydney-2000.

  • djokovic
  • federer
  • nadal
  • atp
  • tênis
  • big 3
  • esportes
  • Woodbridge
  • app