Notícias

Ocon acredita que F1 pode ser mais interessante que o futebol

Da Redação BandSports 24/01/2022 • 09:27 - Atualizado em 24/01/2022 • 09:50
“Acho que é fantástica a forma que a Fórmula 1 está evoluindo", disse o francês
“Acho que é fantástica a forma que a Fórmula 1 está evoluindo", disse o francês
Instagram/Esteban Ocon

Esteban Ocon viveu um ano mágico competindo pela Alpine e conquistou sua primeira vitória na Fórmula 1 em 2021. Empolgado com a proximidade de desempenho entre os carros das diferentes equipes do grid e na expectativa pelo início do novo regulamento, o piloto de 25 anos fez uma previsão ousada para o futuro da principal categoria do automobilismo.

Em entrevista ao jornal espanhol Marca, o francês projetou que, se as disputas ficarem ainda mais próximas entre as escuderias, a F1 pode ser mais interessante do que o futebol para o público. 

“Essa última volta de 2021 realmente resume toda a temporada porque foi assim em 2020 e foi assim em 2021. E se tivermos carros mais próximos, acredito que provavelmente superará o futebol em termos de quão interessante é. Todo mundo fala da Fórmula 1, tenho alguns amigos que não eram muito interessados no esporte e agora estão vendo tudo. É simplesmente genial”, disse o piloto da Alpine. 

Para exemplificar as mudanças da categoria nos últimos anos, Ocon relembrou da dificuldade de brigar pela ponta do grid em suas primeiras temporadas na categoria e relembrou do pódio de Pierre Gasly, da AlphaTauri, no Azerbaijão, a vitória de Daniel Ricciardo, da McLaren, em Monza, e de seu próprio triunfo, na Hungria. Em 2021, 13 pilotos completaram ao menos uma prova em uma das três primeiras colocações.

“Lembro em 2017, 2018, onde se terminássemos em sexto era como uma vitória. Nunca tínhamos a oportunidade, nunca, de estar no pódio, de estar na ponta. E nesse ano [2021], vimos Daniel, Pierre, eu mesmo, vimos carros diferentes no pódio. É incrível, é o que queremos”, continuou.

Além do aumento da competitividade, outro fator fundamental para o crescimento do interesse do público pela Fórmula 1 é o bom-recebimento da série Drive to Survive e a entrada da categoria no mercado norte-americano. Em 2022, o país receberá duas etapas do campeonato, em Austin e Miami.

Feliz com as mudanças, Ocon definiu a evolução da F1 como fantástica e também mencionou a sprint qualifying como uma oportunidade a mais para os pilotos de equipes menores.

“Acho que é fantástica a forma que a Fórmula 1 está evoluindo. É claro que há coisas para melhorar, mas acho que a forma que estamos tentando as coisas, de fazer algo interessante, é uma loucura até a última volta. Também é bom que tenhamos novos formatos. Para nós foi muito bom [a corrida sprint], porque nos deu chance de lutar, mesmo que não fossemos rápidos o suficiente para entrar no top 10”, encerrou.

Com cobertura completa do Bandsports, a nova temporada da Fórmula 1 terá início a partir do dia 18 de março, quando começam as atividades para o Grande Prêmio do Bahrein, primeira prova do calendário.