Notícias

F1: “Pilotar pela Ferrari é o sonho de qualquer um”, afirma Hamilton

Da Redação BandSports 29/09/2021 • 09:23 - Atualizado em 29/09/2021 • 09:30
Britânico afirmou não saber o motivo de nunca ter se juntado à escuderia de Maranello
Britânico afirmou não saber o motivo de nunca ter se juntado à escuderia de Maranello
Reprodução/Instagram Mercedes

Dono de sete títulos mundiais, 100 vitórias e 101 pole positions na Fórmula 1, Lewis Hamilton é protagonista de uma das carreiras mais brilhantes da história da categoria. Aos 36 anos, no entanto, o britânico da Mercedes revelou ter um objetivo profissional que ainda não se concretizou: pilotar pela Ferrari. 

“Por muitos anos, quando ia para Monza e caminhava perto dos fãs, eu podia ouvi-los dizendo ‘Venha para a Ferrari!’. Isso aqueceu meu coração, mas é incrível que em tantos anos eu nunca tenha pilotado pela Ferrari. É um sonho para qualquer um, um objetivo a ser alcançado. Nunca foi possível e nunca saberei exatamente o porquê”, falou em entrevista ao site Sky Sports Itália.

Desde 2007 na F1, Hamilton viu de perto e foi um dos responsáveis pelo fim dos anos dourados da Ferrari. Coincidência ou não, a escuderia de Maranello conquistou seu último campeonato de pilotos justamente na temporada de estreia do britânico, com Kimi Raikkonen. Já entre os construtores, a equipe brilhou pela última vez em 2008, ano do primeiro título mundial do heptacampeão, à época pela McLaren. 

E já que a parceria de Hamilton com a Ferrari nunca passou do imaginário do torcedor, ele garantiu que seguirá pilotando seus carros da marca italiana pelas ruas e trabalhando dentro da pista para atrapalhar o sucesso da equipe. 

“Desejo a eles tudo de bom, e no meu futuro próximo vou continuar impedindo-os de conquistar o título mundial. Tenho algumas Ferraris em casa. Posso pilotá-las, mas não a Ferrari F1”, brincou.

Sem se juntar à Ferrari e com contrato renovado com a Mercedes até o final de 2023, o britânico segue focado na batalha contra Max Verstappen, da Red Bull, por seu oitavo título mundial. Ele volta à ação entre os dias 8 e 10 de outubro, para as emoções do GP da Turquia. O Bandsports exibe ao vivo os treinos livres e classificatório da etapa disputada no Circuito de Istambul. A Band mostra a corrida.