Notícias

“Queria ter compensado pelo sábado”, diz Norris ao lamentar desfecho do GP da Bélgica

Da Redação BandSports 31/08/2021 • 15:50
Apesar de sofrer um acidente no sábado, Norris foi um dos destaques na Bélgica
Apesar de sofrer um acidente no sábado, Norris foi um dos destaques na Bélgica
Instagram/Lando Norris

Lando Norris viveu momentos de altos e baixos durante o fim de semana do GP da Bélgica de Fórmula 1. Com um dos carros mais bem acertados para as condições da pista do icônico circuito de Spa-Francorchamps, o piloto da McLaren surpreendeu durante o Q1 e o Q2 da classificação, terminando ambos na primeira colocação, mas sofreu um grave acidente no início da última parte da sessão e deu adeus à briga pela pole position. 

Após ser liberado pela equipe médica para correr no domingo, o britânico confiava que poderia fazer uma corrida de recuperação – depois de ter perdido cinco posições no grid de largada devido à troca da caixa de câmbio de seu carro – e de certa forma compensar o mau resultado do sábado. Ele, no entanto, teve suas expectativas frustradas pela chuva que insistia em castigar o autódromo e transformou a prova em um arremedo de corrida.

"Claro, teria adorado [correr com bandeira verde], especialmente na chuva, porque éramos muito rápidos. Ainda poderíamos ter uma boa chance de marcar alguns pontos, pelo menos”, afirmou Norris. “Talvez não pudéssemos lutar por uma posição no topo. Mas, claro, é uma pena para mim, uma pena para todos os fãs e todos que vieram assistir à prova, porque eles não puderam ver muito”, acrescentou ele, fazendo alusão à corrida que se resumiu a três voltas atrás do safety car depois de quase três horas de espera para ver se o clima melhorava.

“Somos pilotos de corrida. Queremos sair e correr, não é como se quiséssemos apenas tirar o dia de folga, especialmente eu, que queria tentar compensar [o resultado de sábado]”, emendou o piloto.

Apesar de lamentar pelas circunstâncias, Norris salientou que a decisão da direção de prova foi acertada: “Não consigo descrever o quão ruim [a visibilidade] estava. Do lado de fora, às vezes não parece tão ruim, mas no carro... Se houvesse um carro virado para o lado errado na reta ou apenas parasse ou algo assim, você não o veria até estar a cinco metros ou algo parecido. Não dava para ver as luzes piscando. É muito difícil descrever como estava ruim”.

“Eu realmente queria sair e me divertir um pouco, fazer algumas ultrapassagens e fazer um bom show. Mas também sabemos quando é perigoso demais e não é seguro sair e dirigir. Claro que não é a decisão mais bacana, mas às vezes é assim”, concluiu.

Após o controverso Grande Prêmio da Bélgica, os pilotos voltam a acelerar no circuito de Zandvoort para a disputa do GP da Holanda, que retorna ao calendário da F1 depois de 36 anos. O Bandsports transmite os treinos livres às 6h20 e 10h, de sexta-feira, 3, e às 6h50 de sábado, 4, além do classificatório a partir das 9h30 do mesmo dia. A Band acompanha a corrida a partir das 9h30 de domingo, 5.

  • lando norris
  • automobilismo
  • app
  • fórmula 1
  • f1
  • mclaren
  • bélgica