Notícias

Red Bull anuncia acordo para fabricação própria de motores na Fórmula 1

Da Redação BandSports 15/02/2021 • 12:14
Acordo também será válido para a AlphaTauri, equipe irmã da RB
Acordo também será válido para a AlphaTauri, equipe irmã da RB
Twitter/redbullracing

A Red Bull Racing continuará usando a tecnologia da Honda em seus motores. A equipe austríaca anunciou nesta segunda-feira, 15, a criação da empresa “Red Bull Powertrains Limited”, sediada em sua fábrica na cidade de Milton Keynes (Inglaterra), para dar continuidade ao desenvolvimento de inteligência da fabricante japonesa, que deixará o campeonato ao final desta temporada.

A decisão veio após a Fórmula 1 anunciar o congelamento das unidades de potência pelas próximas três temporadas, o que facilitou o pacto sem que a Red Bull extrapolasse seu orçamento. O acordo, que abrange o período do congelamento (2022 – 2024), também será válido para a AlphaTauri, equipe irmã da RB.  

O diretor da Red Bull Racing, Christian Horner, definiu o acordo como “um passo significativo para a Red Bull em sua jornada na Fórmula 1”. O anúncio é visto como mais um grande ato da equipe em busca de sua independência no grid.

“Ficamos decepcionados quando a Honda decidiu deixar o esporte como fabricante de motores, pois nosso relacionamento rendeu sucesso imediato. Mas somos gratos por seu apoio em facilitar este novo acordo”, acrescentou Horner.

A equipe quatro vezes campeã mundial já teve parcerias com as mais diversas fornecedoras desde seu ingresso no esporte, em 2005. Além da Honda; Cosworth, Ferrari e Renault, com quem viveu seu melhor momento atingindo o topo do mundo quatro vezes, já estiveram nos carros da fabricante de energéticos.  

A nova temporada da Fórmula 1 terá transmissão exclusiva do Grupo Bandeirantes. Os treinos livres e classificatório serão exibidos ao vivo pelo Bandsports, e as provas terão cobertura da Band. A primeira corrida do ano será no dia 28 de março, no Bahrein.

  • F1
  • Fórmula 1
  • Red Bull
  • Esportes
  • Honda
  • app