Notícias

Reforços, ingressos, futebol feminino e mais: Leila Pereira conversa com o G4

Da Redação BandSports 16/12/2021 • 16:03 - Atualizado em 16/12/2021 • 16:13
Presidente do Palmeiras conversou com a jornalista Marília Ruiz
Presidente do Palmeiras conversou com a jornalista Marília Ruiz
Reprodução/Instagram Palmeiras

Leila Pereira iniciou seu mandato como presidente do Palmeiras na quarta-feira, 16, e já conversou com o Bandsports. Em entrevista à jornalista Marília Ruiz, no programa G4, a dirigente do Verdão abriu o jogo sobre reeleição, reforços, futebol feminino, possível conflito de interesses no clube, relação com a torcida e mais.

Confira abaixo os principais trechos:

Reforços
Questionada por Marília sobre a busca do Palmeiras por um centroavante, Leila brincou que “nem morta” vai revelar os nomes dos candidatos à vaga, mas traçou um perfil de reforços “jovens” e projetou anúncios até o Natal, pensando em um time competitivo para o Mundial de Clubes.

Reeleição
Com seu mandato de três anos recém-iniciado, a presidente contou que planeja ser reeleita, se assim for permitido pelos associados. Para a dirigente, seis anos é o “prazo oportuno para fazer um bom trabalho em um clube da grandeza do Palmeiras”. 

Futebol feminino
Sobre o futebol feminino, Leila falou brevemente e mencionou a busca por “receitas e patrocinadores” para a modalidade. 

Calendário do futebol brasileiro
Diante do cenário da temporada repleta de jogos para o Palmeiras, a presidente lamentou que não “tenha muito o que fazer” e destacou que uma alteração no calendário do campeonato estadual seria benéfica para os clubes grandes.

Gestão
Empresária de sucesso no Brasil, Leila ressaltou o profissionalismo e transparência que estarão em sua gestão. Ela confirmou a contratação da empresa Ernst & Young para fazer um “diagnóstico” do clube.

Torcedores
Ao comentar a relação com os palmeirenses, Leila contou que espera reduzir o valor dos ingressos para popularizar o acesso dos torcedores ao Allianz Parque. Além disso, ela confirmou que vai manter o apoio da Crefisa à escola de Samba Mancha Verde.

Conflito de interesses
Mesmo com participação na Crefisa e Faculdade das Américas, empresas que patrocinam o Palmeiras, Leila descartou que possa existir conflito de interesses na relação.

A presidente destacou que se surgir uma empresa oferecendo valores superiores ao que a Crefisa pode arcar, ela “abre mão” do patrocínio atual e deixou claro que jamais vai assinar um contrato pelo Palmeiras e pelo patrocinador".

Além dos assuntos mencionados, Leila confirmou a permanência de Abel Ferreira e Anderson Barros no Alviverde. 

Assista à entrevista completa: