Notícias

Sloane Stephens lamenta a falta de empatia com Naomi Osaka

Da Redação BandSports 02/06/2021 • 15:41 - Atualizado em 02/06/2021 • 17:19
Norte-americana criticou o comportamento de algumas pessoas em relação à japonesa
Norte-americana criticou o comportamento de algumas pessoas em relação à japonesa
Reprodução/Instagram Sloane Stephens

Embalada pela vitória sobre Carla Suárez na primeira rodada de Roland Garros, Sloane Stephens, campeã do US Open em 2017 e uma das integrantes do Conselho de Jogadoras da WTA, tirou um tempo para demonstrar apoio a Naomi Osaka, que desistiu do Grand Slam francês após a polêmica em torno da sua decisão de não participar das coletivas de imprensa durante o torneio, o que a levou a revelar que vem sofrendo com quadro de depressão e crises de ansiedade. 

A norte-americana lamentou a falta de empatia de algumas pessoas com o momento vivido por Osaka, incluindo algumas colegas de profissão.

“Em vez de a traumatizarmos e zombarmos da situação, fazendo piadas, deveríamos aceitar melhor e compreender aquilo que ela está passando, dando tempo para ela ficar bem e pronta para voltar. Vi colegas zombarem da situação. Há muita negatividade, muita vontade de dar pontapés em quem já está no chão”, disse a tenista de 28 anos ex-top 5 do mundo.

Stephens também para citar a importância da número 2 do ranking para  o esporte. 

“Ela é alguém adorada por todos, e muito importante para o tênis. Não há necessidade nenhuma para não a tratarmos como ela merece”, completou.

Finalista do Aberto da França em 2018, Stephens enfrenta nesta quinta-feira, 3, a tcheca Karolina Pliskova pela segunda rodada da competição no saibro parisiense.