Notícias

Técnico de Novak Djokovic diz que tenista quer ganhar 30 Grand Slams

Da Redação Bandsports 02/08/2022 • 09:44
Tenista sérvio conquistou seu 21º Grand Slam em Wimbledon
Tenista sérvio conquistou seu 21º Grand Slam em Wimbledon
Twitter/Novak Djokovic

Aos 35 anos de idade, Novak Djokovic segue fazendo planos ousados para sua carreira. De acordo com seu treinador, Goran Ivanisevic, o ex-número 1 do mundo pretende ganhar mais nove Grand Slams antes de se aposentar dentro de cinco temporadas.

Mesmo depois de ultrapassar Roger Federer e chegar à marca de 21 Majors, o tenista sérvio pretende ampliar ainda mais a sua galeria de troféus. “Ele sempre repetiu seu desejo de chegar a 30 Grand Slams, é isso que Djokovic quer. Ele jogará nos próximos cinco anos e terá a chance de alcançar esse marco”, disse Ivanisevic.

Mesmo com Djokovic tendo dificuldades para participar de alguns torneios por não ter se vacinado contra a covid-19 - o que o impediu de disputar o Australian Open e muito provavelmente o US Open deste ano - e Rafael Nadal enfrentando problemas físicos na temporada, apesar dos títulos na Austrália e de Roland Garros, Ivanisevic destacou que sempre acreditou que a disputa pelo posto de maior vencedor de Grand Slams ficaria entre os dois tenistas.

“Mesmo antes de me tornar treinador de Nole, eu disse que, junto de Nadal, eles acabariam ganhando mais do que Federer. Quando estão saudáveis, eles não têm limites. Eu acho que eles vão continuar a ganhar”, concluiu.

Há quase duas décadas com Novak, Goran contou como conheceu o tenista sérvio e quando uma das parcerias mais vitoriosas da história do esporte começou.

“Falei com Djokovic na primeira vez que nos encontramos quando ele tinha 9 anos”, disse Ivanisevic. “Porém, foi só quando ele tinha 13 anos que começamos a trabalhar juntos. Agora estamos colaborando há 18 anos, que é um período muito longo”, concluiu o treinador.