Notícias

Rebeca Andrade diz que "tudo mudou" após ouro em Tóquio

Da Redação BandSports, com BandNews FM 18/11/2021 • 10:51 - Atualizado em 18/11/2021 • 11:06
"Não deixei de ser eu mesma", contou a ginasta
"Não deixei de ser eu mesma", contou a ginasta
Reprodução/Instagram Rebeca Andrade

Após uma temporada histórica na ginástica artística, Rebeca Andrade afirmou que "tudo mudou" com o ouro em Tóquio. Aos 22 anos, ela foi a primeira mulher brasileira a conquistar duas medalhas na mesma edição dos Jogos Olímpicos. 

A atleta do Flamengo explicou em entrevista à Rádio BandNews FM que sempre sonhou em viver este momento atual com muitos compromissos, contratos publicitários e 2,5 milhões de seguidores no Instagram.

"A minha rede de apoio é muito grande. É muito louco sair na rua de máscara e as pessoas me reconhecerem. Mas, é muito bom por ver o tanto que eu fiz por quem me assistiu. É uma sensação maravilhosa, já que eu treinei desde os 5 anos pra isso. Agora eu posso falar de assuntos que eu não estava preparada antes. Hoje em dia as pessoas estão me observando e vendo o que eu estou fazendo, mas isso não me incomoda. Não deixei de ser eu mesma", contou Rebeca.

A atleta do Flamengo também comentou o rápido contato com o heptacampeão mundial Lewis Hamilton no Grande Prêmio de São Paulo de Fórmula 1, evento em que foi convidada para dar a bandeirada final da corrida.

"Eu tive que falar muito rápido com ele por causa da corrida. Eu dei parabéns pelo campeonato. Tenho noção do peso que ele teve ao levar a bandeira brasileira no carro depois da vitória. Ele me deu parabéns pela Olimpíada. Mas foi rápido, pois eu não tenho inglês fluente e estava muito nervosa", revelou Rebeca.

O podcast Na Trilha do Pódio está disponível nos principais tocadores de podcast e no canal do Youtube da Rádio BandNews FM.