Notícias

Verstappen conta como descobriu erro de Hamilton: “Estava deitado na cama”

Da Redação BandSports 09/06/2021 • 15:58 - Atualizado em 09/06/2021 • 16:56
Mesmo sem terminar o GP do Azerbaijão, holandês seguiu na liderança do mundial
Mesmo sem terminar o GP do Azerbaijão, holandês seguiu na liderança do mundial
Reprodução/Instagram Fórmula 1

Por alguns minutos, Max Verstappen viveu um verdadeiro pesadelo no GP do Azerbaijão de Fórmula 1 do último fim de semana. Após bater no muro de proteção e abandonar a prova no Circuito Urbano de Baku, o piloto da Red Bull sofreu momentaneamente com a perda da liderança do mundial da categoria. A decepção do holandês, no entanto, foi aliviada exatamente por aquele que assumiria a ponta do campeonato em eu lugar: Lewis Hamilton, da Mercedes, que cometeu um erro na relargada e terminou a corrida na 15ª posição, sem conquistar pontos. 

Conforme os protocolos da F1, Verstappen foi levado para o centro médico e não conseguiu assistir aos últimos instantes da prova. E foi de lá, enquanto era examinado, que recebeu a notícia que deixou o seu domingo menos amargo.

“Eu tive que ir para o centro médico. [Descobri] quando estava deitado na cama. Eles estavam verificando minha pressão sanguínea e de repente meu telefone começou a vibrar muito. Então eu disse: ‘O que está acontecendo?’. Eu conseguia ouvir os carros. Então terminei, eles me deixaram sair e vi no celular que Lewis teve um problema na curva 1”, contou ele.

Apesar de ser o líder do campeonato com 105 pontos, quatro à frente do rival britânico, Verstappen ainda não se sente totalmente confortável com a vantagem na classificação do mundial de pilotos. Em circuitos convencionais nesta temporada, nos quais teoricamente a Mercedes leva vantagem, o holandês tem apenas uma vitória, conquistada no GP da Emilia Romagna, contra três do heptacampeão mundial.

“É uma pena. Tivemos dois circuitos de rua e agora voltamos às pistas normais. Queria abrir uma vantagem um pouco maior antes de voltar para este tipo de circuito. Já disse antes que a Mercedes será muito forte nas pistas normais. Eles tiveram algumas dificuldades em rua, mas foram muito rápidos em Barcelona”, destacou.

“Mas é isso, eu ainda estou liderando o campeonato, o que eu não esperava quando bati naquele muro”, encerrou.

Em meio aos altos e baixos da prova do Azerbaijão, Sergio Pérez, companheiro de Max na Red Bull, garantiu sua primeira vitória na temporada. O grande dia do mexicano serviu para isolar a escuderia austríaca na liderança da tabela de construtores. Com 174 pontos, eles estão com 26 de vantagem para a Mercedes.

Para esquentar a briga pela liderança do mundial de F1, os pilotos voltam à pista para o GP da França, entre os dias 18 e 20 de junho. Os treinos livres e classificatório terão transmissão ao vivo do Bandsports, a corrida será exibida pela Band

  • Verstappen
  • fórmula 1
  • red bull
  • hamilton
  • app
  • automobilismo
  • f1