Notícias

Vôlei feminino: Brasil vence Japão por 3 sets a 0 e segue invicto em Tóquio

Da Redação BandSports 29/07/2021 • 09:18 - Atualizado em 29/07/2021 • 12:07
Brasileiras conquistaram a terceira vitória na Olimpíada
Brasileiras conquistaram a terceira vitória na Olimpíada
Wander Roberto/COB

O Brasil derrotou o Japão por 3 sets a 0 (parciais 25/16, 25/18 e 26/24) nesta quinta-feira, 29, em 1h25min de jogo, e manteve a invencibilidade no vôlei feminino dos Jogos de Tóquio-2020. Após três rodadas, a equipe do técnico José Roberto Guimarães está em segundo no Grupo A. 

Fê Garay e Carol, ambas com 13 pontos, foram as maiores pontuadoras do país na partida contra as anfitriãs da Olimpíada. A má notícia ficou por conta da lesão de Macris, que torceu o tornozelo e saiu carregada - Carol Gattaz,, Gabi, Tandara e Camila Brait completaram a equipe titular. 

A primeira parcial só teve equilíbrio no início. Forte no bloqueio e com Gabi e Garay inspiradas, o Brasil construiu vantagem confortável, que chegou a ser de 11 pontos, e fechou o set com Fê Garay após belo rali: 25/16 

Mais disputado, o segundo set chegou a estar 9 a 9 após belo ace de Ishikawa. No entanto, uma sequência de pontos de Carol, Gabi e Garay devolveu o controle da partida às brasileiras, que conduziram a parcial sem sustos até fechar com bloqueio: 25/18

A terceira parcial, a mais dura da partida, começou com Ishikawa forte no ataque e Japão na frente (8 a 6). Natália e Carol, duas vezes, chegaram a virar, mas o Brasil esbarrou na melhora da defesa adversária e ainda perdeu Macris - a levantadora saiu carregada de quadra após torcer o tornozelo. Um ataque para fora de Gabi deixou o placar em 16 a 12 para as donas da casa. 

A equipe verde e amarela, porém, controlou os nervos, foi atrás da reação e virou (21 a 20) após ponto espetacular de Fê Garay, bola para fora de Ishii e erro da defesa nipônica. O Brasil ainda desperdiçou dois match points antes de fechar a partida em ataque de Gabi: 26/24

O próximo compromisso da equipe de Zé Roberto, marcado para sábado, às 4h25 (de Brasília), promete ser mais duro: o rival será a Sérvia, que venceu as três partidas em Tóquio até o momento sem perder sets e lidera a chave.

  • bandsports
  • app
  • olimpíadas
  • tóquio 2020
  • brasil
  • vôlei