Notícias

Zverev se defende após ATP iniciar investigação interna em acusação de violência doméstica

Da Redação BandSports 05/10/2021 • 09:04
Alemão é acusado de ter agredido ex-namorada durante o Masters 1000 de Xangai
Alemão é acusado de ter agredido ex-namorada durante o Masters 1000 de Xangai
Reprodução/Instagram Alexander Zverev

Pouco depois da ATP anunciar uma investigação interna contra Alexander Zverev, acusado de ter agredido a ex-namorada, Olya Sharypova, o tenista alemão usou as redes sociais na tarde de segunda-feira, 4, para emitir um comunicado se mostrando favorável à medida e reafirmando sua inocência no caso. 

“Sempre apoiei a criação de um plano de combate à violência doméstica no circuito ATP. Recebo de bom grado a investigação que a ATP está fazendo sobre o assunto. Na verdade, há meses venho pedindo para iniciar uma investigação independente. Como afirmado antes, nego categoricamente essas acusações”, afirmou o número 4 do mundo.

Namorada de Sascha entre 2018 e 2019, Sharypova vem desde o ano passado acusando, por meio de entrevistas, o tenista de tê-la agredido. Em sua última denúncia, a jovem russa detalhou o caso específico de violência em participação no Masters 1000 de Xangai e apresentou imagens das agressões. Anteriormente, ela já havia falado sobre incidentes semelhantes durante o US Open e a Laver Cup de 2019.

Ainda no comunicado em que se defende das acusações, Zverev criticou a publicação das denúncias de Sharypova. 

“Nós obtivemos uma liminar contra o editor e o jornalista [Ben Rothenberg] pelas falsas acusações, que são difamatórias e falsas. No entanto, ambos estão em violação deliberada desta ordem judicial, abstendo-se de retirar a reportagem. Consequentemente, meus advogados iniciaram novos procedimentos”, encerrou.