Moradores de Tóquio mostram ceticismo com nova contagem regressiva para os Jogos

Preocupação com o coronavírus ainda divide opiniões sobre a realização da competição em 2021

A nova contagem regressiva de um ano para os Jogos Olímpicos de Tóquio voltou a levantar discussão entre os moradores da capital japonesa sobre a realização do evento. Nesta sexta-feira, 24, era para ocorrer a Cerimônia de Abertura da Tóquio-2020, mas a pandemia do coronavírus adiou o início da festa para 23 de julho de 2021.

Uma boa parte população mostra ceticismo sobre a disputa da maior competição do esporte durante a crise mundial causada pela covid-19. "O Japão não parece ser um país tão atraente no mundo no momento. Não entendo porque devemos realizar as Olimpíadas no Japão quando o país está perdendo força", disse um morador de Tóquio à Reuters.

"O vírus é um problema que precisamos resolver antes da Olimpíada. As pessoas aqui só têm ansiedade agora. Acho que não podemos aproveitar a Olimpíada, se for realizada nesse tipo de situação", afirmou outra entrevistada.

Por outro lado, há aqueles que conseguem enxergar a situação com otimismo. "Eu acho que seria bom poder mostrar ao mundo que você pode se animar e conviver com o coronavírus na Olimpíada no Japão".

Esta visão esperançosa representa a minoria no Japão. No início do mês, uma pesquisa divulgada pela Japan News Network revelou que 77% dos entrevistados acham que os Jogos Olímpicos não devem ser realizados no próximo ano.

Compartilhar

Ler a notÍcia completa

Deixe seu comentário