Atual campeã, Ashleigh Barty desiste de jogar Roland Garros

Tenista número 1 do mundo não vai disputar o Grand Slam por causa da covid-19

Da Redação BandSports | 08/09/2020 - 12:02 | Atualizado em 08/09/2020 - 12:16

Ashleigh Barty desistiu de defender o seu título por causa da covid-19 (Foto: Divulgação/WTA)

Atual campeã de Roland Garros, a australiana Ashleigh Barty anunciou na segunda-feira à noite que não irá disputar a edição deste ano do Grand Slam francês, que começa no próximo dia 27 e tem transmissão exclusiva do BandSports.

Número 1 do mundo, Barty não disputa um torneio desde fevereiro e justificou sua ausência em Paris por causa da preocupação com a pandemia de covid-19 e falta de preparação ideal.

“Há duas razões para a minha decisão. A primeira são os riscos à saúde que ainda existem por causa da covid. A segunda é a minha preparação, que não tem sido a ideal porque meu técnico não tem podido me treinar por causa das fronteiras fechadas entre os estados na Austrália”, explicou.

A australiana de 24 anos – que venceu Marketa Vondrousova em 2019 na final de Roland Garros para conquistar seu primeiro título de um Major – disse ainda que não irá disputar nenhum torneio na Europa este ano.

“Foi uma decisão difícil de ser tomada, mas, infelizmente, não vou competir na Europa este ano. Ano passado, o Aberto da França foi o torneio mais especial da minha carreira, então, esta não foi uma decisão que eu tomei facilmente”, afirmou ela.

A Federação Australiana de Tênis espera agendar torneios ao redor do país a partir de dezembro, além das competições de aquecimento, para permitir que os jogadores se preparem para o Aberto da Austrália, em janeiro.

“Agora estou ansiosa por uma longa pré-temporada e o verão na Austrália”, afirmou Barty. “Tem sido um ano desafiador para todo mundo e embora eu esteja decepcionada em relação ao tênis a saúde e bem-estar da minha família e da minha equipe serão sempre a minha prioridade”, acrescentou ela.