Djokovic anuncia que testou positivo para o coronavírus

Sérvio é o terceiro atleta a contrair o vírus após a etapa da Croácia do Adria Tour

O sérvio Novak Djokovic revelou nesta terça-feira, 22, que testou positivo para o novo coronavírus. O número 1 do mundo realizou o teste ao voltar para a Sérvia depois da disputa da etapa croata do Adria Tour, torneio organizado por ele que já havia registrado quatro casos da doença.

"No momento em que chegamos a Belgrado, fomos testados. Meu resultado é positivo, assim como o de Jelena, enquanto os resultados de nossos filhos são negativos”, afirmou Djokovic.

No domingo, pouco antes da final do torneio, o búlgaro Grigor Dimitrov anunciou que testou positivo para a covid-19. A notícia fez os organizadores cancelarem a decisão. Já na segunda-feira, foi a vez do croata Borna Coric informar que contraiu o vírus. Além dos três atletas, o treinador de Dimitrov e o preparador físico de Djokovic também testaram positivo.

Muito criticado pela realização do evento, Djokovic disse organizou o torneio em um momento em que o vírus se enfraqueceu e garantiu que o projeto nasceu de uma ideia filantrópica.

" O Adria Tour foi projetado para ajudar os tenistas já estabelecidos e nomes do futuro do sudeste da Europa a obter acesso a tênis competitivo durante esse período em que vários outros eventos paralelos vão acontecendo. Tudo nasceu com uma ideia filantrópica, de direcionar todos os fundos arrecadados para as pessoas carentes e me emocionou ver como todos reagiram fortemente a isso", afirmou.

"Infelizmente, o vírus ainda está presente e é uma nova realidade que ainda estamos aprendendo a lidar e conviver. Espero que isso não complique a situação de saúde de ninguém e que todos fiquem bem. Vou permanecer em auto-isolamento pelos próximos 14 dias e repetir o teste em cinco dias”, finalizou o sérvio.

Compartilhar

Ler a notÍcia completa

Deixe seu comentário