Thiem supera Djokovic em batalha mental e vai à decisão do ATP Finals

Da Redação BandSports 21/11/2020 • 15:32
Thiem vai disputar a sua segunda decisão consecutiva do ATP Finals
Thiem vai disputar a sua segunda decisão consecutiva do ATP Finals
Divulgação/ATP Tour/Ella Ling

Dominic Thiem teve de se superar de várias maneiras para conquistar sua 300ª vitória na carreira neste sábado, 21, na Arena O2, em Londres. Diante do número 1 do mundo, Novak Djokovic, o austríaco desperdiçou a chance de fechar a partida em dois sets e precisou de outro tie-break no último e decisivo set para se tornar o primeiro tenista em quatro anos a alcançar a decisão do ATP Finals em duas temporadas seguidas após vencer a partida com parciais de 7/5, 6/7 (10) e 7/6 (5).

Após fechar o primeiro set de um jogo bastante equilibrado, Thiem não conseguiu converter os quatro match points que teve à sua disposição no tie-break do segundo e viu o set final se encaminhar para uma dramática definição, ainda mais levando-se em consideração o recorde de Djokovic, que vencera 15 tie-breaks e perdera apenas um nesta temporada. E tudo parecia se encaminhar para que o sérvio ampliasse tal marca quando ele abriu uma vantagem de 4 a 0. Thiem então elevou o nível de seu jogo, virou para cima de Djoko em uma impressionante demonstração de força mental.

“Foi uma batalha mental. Eu fiquei tão tenso no tie-break do segundo set, porque enfrentar essas lendas sempre será algo especial”, disse o número 3 do mundo em entrevista ainda na quadra. “Jogar pela final do ATP Finals aqui também é algo especial, e pensei que depois do meu grande título em Nova York [US Open] eu estaria um pouco mais calmo, mas eu estava enganado. Estava tão tenso e nervoso quanto antes. Foi tão no limite esse jogo, como todo jogo aqui. Os melhores jogadores do mundo estão se enfrentando. Então, eu estou incrivelmente feliz por ter me classificado e vou tentar estar pronto para amanhã”, emendou.

Thiem agora tem cinco vitórias em sete partidas contra Djokovic, sendo duas no ATP Finals. Ele também bateu o líder do ranking no ano passado na fase de grupos, no tie-break do terceiro set. Com o resultado, Thiem se junta a Andy Murray a derrotar cada um do Big 3 em cinco ou mais ocasiões. O austríaco registra seis vitórias sobre Rafael Nadal (6-9) e já triunfou cinco vezes diante de Roger Federer (5-2).  

  • Thiem
  • Djokovic
  • ATP Finals
  • tênis